No último mês, a FIFA apresentou um projeto de mudança do mundial de clubes a partir de 2021, considerando que a entidade entendeu que as edições anteriores no módulo atual não foram um sucesso.

Na edição apresentada, seriam 24 clubes e seria disputado de 4 em 4 anos e as vagas seriam distribuídas da seguinte maneira.

– 12 vagas para a UEFA (4 Campeões e vice da Champions League e 4 campeões da Europa League).
– 4,5 vagas para a CONMEBOL (4 últimos campeões da Libertadores e os 4 campeões da sul americana disputariam para ver quem enfrentaria o representante da Oceania em busca de uma vaga).
– 0,5 vaga para Oceania.
– 2 vagas para CONCACAF
– 1 vaga para representante do país sede
– 2 vagas para representantes da África
– 2 vagas para representantes da Ásia.

Desta forma poderíamos ter até 5 brasileiros na Competição, mas para isso teríamos que ter um campeão da Sul Americana e 4 clubes do Brasil campeões da Libertadores seguidamente.

Fonte: Globoesporte.com