O capitão Andrés D’Alessandro do Inter, entrou com uma ação na delegacia de repressão aos crimes informáticos, por conta dos recentes boatos espalhados por torcedores, após a entrada de Camilo que o tirou dos gramados. Na web, pessoas afirmaram que D’Ale não tem boa convivência com Camilo e chegaram a afirmar que Camilo teve um caso com a esposa de D’Alessandro e por isso o Argentino estaria “bravo”.

Segundo informações repassadas pela revista colorada, todas as pessoas que criaram estas situações são gremistas. A delegacia trabalha para identificar os culpados. Cerca de 20 pessoas serão chamadas para depor nos próximos dias.

Em entrevista para a rádio Grenal, o Advogado do Argentino comentou o caso: “Há alguns dias o atleta nos procurou junto ao clube para promovermos algum tipo de censura envolvendo essas ofensas pessoais na internet. Para evitar que isso passe do que entendemos que é o limite, resolvemos ir até à Delegacia. Os crime contra a honra tem um apenamento curto. Não queremos o mal de ninguém, mas não queremos que esse tipo de ofensa se perpetue, isso afeta inclusive a família do atleta. O código Penal é muito claro, quem compartilha a pratica criminosa recebe a mesma pena, mas mesmo assim, fica a cargo do Delegado decidir se as pessoas colaboraram ou não com essas ofensas”.