Após a vitória do Inter de 2 a 0 em cima do Bahia, no estádio Beira-Rio, em jogo valido pela primeira rodada do campeonato brasileiro, o técnico Odair Hellmann concedeu entrevista coletiva. O treinador elogiou as boas atuações individuais de alguns jogadores, também destacou a vitória, pois havia uma ”tensão” em campo, até o primeiro gol.

Confira suas declarações na sala de imprensa do Beira-Rio:

“Foi uma vitória com placar e com performance, e quando isso vira regularidade você fica muito mais forte. É a nossa busca aqui. Tomara que no próximo jogo possamos levar isso de novo .

“Isso deu pra notar no começo da partida (tensão da estreia), porque o jogo ficou um pouco mais devagar. Aos poucos fomos ganhando consistência, em todos os aspectos, tática e tecnicamente. A vitória foi merecida, fizemos boa partida, consistente taticamente. Volta do Pottker, gols do Nico, atuação do D’Alessandro, do Patrick, do Edenílson… Eu parabenizo toda a equipe pela partida que fez “.

“Nico sempre foi um jogador que está no contexto, mesmo não jogando. Ele é muito importante para o nosso grupo. Os gols foram feitos por ele mas com a participação de todos.”

“Fizemos um bom jogo coletivamente e individualmente. O jogo do Vitória teve um aspecto, o do Bahia teve outro. Tivemos um placar e performance. Essa foi sempre a nossa busca.”

“Os conceitos são os mesmos independente do sistema e do lugar onde jogarmos. Podemos mudar a estratégia, mas seguir os conceitos. Leva um período pro time adquirir a confiança e jogar da mesma maneira em qualquer lugar. Acho que no primeiro tempo fomos mais dominantes e no segundo tempo baixamos a marcação, permitindo os contra-ataques”.

“A gente tem trabalhado o toque de bola, troca de passes. Fomos mais dominantes e abrimos algumas vezes o contra-ataque. Sempre tentamos a transição com a bola no pé. Estamos bem nesses aspectos e precisamos evoluir, para ganhar mais corpo. Nosso campeonato é jogo após jogo até a parada para a Copa do Mundo. Depois, sabemos que é outro campeonato.”

“O primeiro gol fortalece ainda mais a equipe, dá mais confiança. Criamos mais algumas oportunidades depois dos dois gols. Acho que a equipe passou por todos os processos e foi muito bem.”

“Se o Lucca chegar, eu imagino ele jogando pelos lados. É um jogador de velocidade, com boa infiltração. O Pottker e o Nico tem essa característica de jogar pelos lados ou por dentro. Ambos me dão essa oportunidade.