Volante do Inter se manisfesta sobre zueira dos jogadores do Grêmio – “Um minuto de silêncio, para o Inter que está morto”.

204

O volante Edenílson, em sua entrevista coletiva, ao ser lembrado que ano passado após o Grêmio vencer a Copa Libertadores da América, os jogadores do tricolor gaúcho pediram “um minuto de silêncio, para o Inter que está morto”, não entrou em polêmica, de forma tranquila respondeu:

“A gente espera que não se faça mais brincadeiras. Se o Inter estivesse morto nem entraríamos em campo. O que eles falam ou deixam de falar não nos atinge. Quem fala este tipo de coisa não tem o mínimo de educação ou de conhecimento da história do futebol.”

“A gente espera o jogo não fuja ao estilo do Gre-Nal, pegado e aguerrido, mas que no estádio todos possam levar as suas famílias . Que seja um espetáculo, mas que fora do campo se tenha paz para todos que assistirem ao jogo.”

Até agora 18 mil torcedores do Inter já garantiram presença no Gre-Nal 413.